Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Secretaria de Administração e Finanças

Secretaria

Publicado em 24/08/2017 às 17:25

Apresentação

A Secretaria Municipal da Administração e Finanças é o órgão central dos Sistemas Administrativos de Gestão de Pessoas, de Gestão de Materiais e Serviços, de Gestão Patrimonial, de Gestão Documental, Editoração e Publicação Oficial, de Gestão de Tecnologia da Informação e Governança Eletrônica da Prefeitura de Curitibanos. A este compete: normatizar, supervisionar, controlar, orientar e formular políticas de gestão de recursos humanos; , normatizar, supervisionar, orientar e formular políticas de gestão de materiais e serviços; gerenciar o arquivo público, visando ao resgate, à preservação, à manutenção e à divulgação do patrimônio documental do Município, bem como a destinação dos documentos oficiais; elaborar anteprojetos de lei e demais atos relacionados com as ações de sua área de competência; normatizar, supervisionar, orientar e formular políticas de gestão patrimonial; manifestar-se, previamente, em assuntos que envolvam repercussão financeira para o erário; formular a política de crédito do Município; definir as prioridades relativas à liberação dos recursos financeiros com vistas à elaboração da programação financeira de desembolso, de forma articulada com a Secretaria Municipal do Planejamento; desenvolver as atividades relacionadas com tributação, arrecadação e fiscalização, administração financeira, despesa e dívida pública, contencioso administrativo-tributário; coordenar e controlar a cobrança da dívida ativa na esfera administrativa, de forma articulada com a Procuradoria Geral do Município; administrar os Encargos Gerais do Município; definir os prazos, critérios e procedimentos para os fechamentos contábeis necessários à elaboração dos balancetes mensais e à consolidação do balanço geral do Município; coordenar o desenvolvimento e a manutenção evolutiva do sistema de gestão fiscal; definir as políticas de tecnologia da informação e governança eletrônica; normatizar, padronizar, integrar e acompanhar as ações de tecnologia da informação e governança eletrônica das entidades da Administração Pública Municipal; promover a programação, a organização, a coordenação, a execução, o controle, a avaliação e a normatização das atividades pertinentes ao processo orçamentário municipal; entre outros.