---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Obras de Saneamento Básico em fase de conclusão

Publicado em 19/12/2019 às 12:53 - Atualizado em 19/12/2019 às 12:53

Neste momento os trabalhos estão concentrados na fase final da Estação de Tratamento de Esgoto
Créditos: Divulgação Baixar Imagem

A CASAN trabalha para entregar no primeiro semestre de 2020 o primeiro Sistema Público de Esgotamento Sanitário de Curitibanos. O investimento  da CASAN, que já é superior a R$ 46 milhões, terá reflexos na qualidade de vida e na conservação do ambiente no município.    “Embora a atual geração também vá presenciar os benefícios da obra, que nesta primeira etapa beneficia cerca de 30% da população urbana, serão as futuras gerações que irão colher os frutos do trabalho iniciado no final de 2016”, avalia a engenheira sanitarista Fabiane Andressa Tasca Goerl, chefe do Setor de Operação e Manutenção de Esgoto Sanitário dos municípios da região Norte-Vale do Itajaí.   O saneamento básico influencia diretamente na saúde, qualidade de vida e no desenvolvimento da sociedade como um todo. O contato com esgoto está relacionado às altas taxas de mortalidade infantil. A principal causa são doenças como parasitoses, diarreias, febre tifoide e leptospirose. O esgoto apresenta diversos micro-organismos que podem causar diversos problemas de saúde e problemas ambientais. O sistema de coleta e tratamento evita a contaminação das pessoas e a transmissão de doenças. Além disso, é fundamental tratar o esgoto para conservar os ambientes. A destinação inadequada de esgotos sanitários é uma das principais causadoras da poluição do solo e de cursos d’água.   Neste momento os trabalhos estão concentrados na fase final da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e também nas duas Estações Elevatórias. No início do próximo ano, a CASAN deverá autorizar os moradores que tiveram a Rede Coletora implantada em frente a sua casa a realizar a ligação.  O morador contemplado será avisado com antecedência da nova taxa que terá que pagar, que deverá ser de 100% do valor da fatura do consumo de água. Curitibanos, melhorando em saúde pública e qualidade de vida, em busca de um futuro mais sustentável.